Buscar

O home office passou a fazer parte da vida de muita gente. Confira algumas dicas para tirar o melhor dessa experiência



Ir ao cinema, ao teatro, em shows, sair para visitar amigos, ir ao churrasco da família, pegar ônibus, metrô e trem, são hábitos tão comuns que agora são lembranças de uma época para a qual queremos voltar o quanto antes. Os filmes de ficção que a indústria do entretenimento gosta tanto de nos entregar, e a gente de assistir, virou nossa realidade, e não vemos a hora de sair disso e voltar para o nosso mundo real.


Além de tudo que foi listado acima, o que talvez mais tenha sofrido maior mudança em nossa rotina é o modo como estamos trabalhando. A pandemia provocada pelo novo coronavírus nos levou a uma nova realidade e apresentou a muitas pessoas o conceito de home office.


Se você ainda não está familiarizado com essa expressão, ela significa “escritório em casa”, na tradução literal para a língua portuguesa. Esse sistema de trabalho já estava sendo adotado gradativamente no Brasil em algumas áreas, mas agora se tornou uma necessidade. Muitas empresas que não planejavam implantar essa alternativa tiveram que se adaptar e abraçar o home office.


Talvez a grande dúvida seja: Como manter a produtividade em um ambiente no qual não estamos acostumados a trabalhar?



Pensando nisso, separamos 5 dicas para você trabalhar de casa e não perder o foco:


  • NÃO TRABALHE DE PIJAMA Home office exige disciplina, profissionalismo e foco. Trabalhar de pijama pode colocar tudo isso em jogo e diminuir sua produtividade, fazendo você relaxar em excesso. Acorde cedo, tome um bom café da manhã, coloque uma "roupa de trabalho" e comece o seu dia mantendo sua rotina.


  • TENTAÇÕES POR TODOS OS LADOS Quando você menos espera já está assistindo TV, jogando vídeo game, ou colocando a leitura em dia. Para fugir dessas tentações crie um mini escritório, ou um ambiente de trabalho o mais profissional possível. Se possível, tire da tomada a TV e outros aparelhos que possam roubar sua atenção. Se você mora com outras pessoas, avise que você estará trabalhando em determinado horário e que não poderá ser atrapalhado.

  • PARE PARA DESCANSAR Pausas são essenciais para o seu trabalho render, por isso lembre-se de a cada 30 minutos fazer um break, não muito longo, para relaxar um pouco. No seu ambiente tradicional de trabalho você iria ao banheiro, beberia um copo de água ou uma xícara de café, e conversaria com colegas de trabalho sobre amenidades. Faça isso também em casa. Levante, vá ao banheiro, dê uma volta pela casa, mande mensagem ou ligue para um amigo. Essa pausas te ajudarão a render mais no trabalho, pois seu cérebro também precisa descansar.

  • NÃO TRABALHE ATÉ TARDE Um dos principais vilões do home office é o aumento do fluxo de trabalho. Você pode acabar trabalhando até 12 horas por dia sem perceber, bem mais do que trabalharia em seu ambiente tradicional. Você acaba trabalhando mais, porque não precisa se preocupar com o horário que irá chegar em casa. É importante se policiar quanto a isso, e seguir a risca o seu expediente. Não deixe tarefas para depois do horário.

  • TENHA UMA LISTA DE TAREFAS Uma das principais vantagens do home office é a liberdade em produzir com menos cobranças, mas essa liberdade pode fazer você se esquecer de tarefas importantes. Por isso, assim como no escritório, ter um checklist em casa é fundamental. Não esqueça de colocar no papel todas as suas tarefas diárias e os prazos. Seu dia renderá muito mais e você não deixará nada passar.



Essas são apenas algumas dicas de como criar um ambiente legal e ser produtivo, mesmo fora do seu ambiente tradicional de trabalho. E lembre-se, o home office não é um mar de rosas, muitos desafios irão surgir e cabe a você se adaptar. Boa sorte!

O espaço ocupará uma área de 5 mil metros quadrados ao lado do Clube do Cecap.



O prefeito de Guarulhos, Guti, anunciou a construção do primeiro centro de triagem pra combate ao novo coronavírus do País. O espaço, que faz parte do Comando de Defesa contra o Coronavírus, ocupará uma área de 5 mil metros

quadrados ao lado do Clube do Cecap, onde está sendo levantado um complexo com 2 mil m² de área construída, que inclui tendas, carretas, ônibus e espaço para estacionamento de ambulâncias.


Ainda de acordo com o prefeito, a inauguração deve ocorrer na próxima sexta-feira (27).



Além de toda a estrutura, o centro de triagem também contará com um sistema de drive-thru, espaço no qual os atendimentos serão realizados por profissionais sem que as pessoas precisem sair do carro.


Haverá ainda um apoio de urgência para pacientes em estado crítico, com leitos de emergência com suporte respiratório, tomógrafo e ultrassom, que funcionarão 24 horas por dia. Toda a ação será realizada por uma equipe de médicos contratados emergencialmente apenas para esta finalidade.


O espaço funcionará sete dias por semana das 7h às 19h. Guti ressalta que se trata de um ambiente exclusivo para atendimento de pacientes com suspeita de Covid-19, para evitar que esta população se dirija diretamente às unidades de saúde do município. "Desta forma, conseguiremos isolar nossas UBSs e UPAs, impedimento que pacientes contaminados tenham contato com pacientes que buscam as unidades por outros motivos e acabam se expondo a riscos desnecessários".


Os moradores da cidade que tiverem diagnóstico de possível contaminação pelo coronavírus serão encaminhados diretamente do centro triagem para unidades especializadas no tratamento, a fim de realizar os exames e tratamentos.


Em um vídeo divulgado nas redes sociais o prefeito deu mais detalhes de como será centro de triagem.


Fonte: Prefeitura de Guarulhos



Atualizado: há 4 dias

O coronavírus é o principal tópico mundial nos últimos dias, e o grande responsável pelo cancelando eventos de grande porte e do incentivo à população a permanecer dentro de casa pelo menos nos próximos 15 dias, para prevenir a disseminação da doença. A recomendação é evitar aglomerações de pessoas para reduzir o ritmo de contágio.



MAS DE ONDE VEM O COVID-19?

A doença surgiu como uma variação antiga do coronavírus (que surgiu em meados de 1960) e foi originada na China, e nomeada oficialmente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como COVID-19, no dia 11 de fevereiro de 2020. Ainda não está claro como ocorreu a mutação que permitiu o surgimento do novo vírus.


O primeiro caso da doença foi notificado, pela Organização Mundial da Saúde, dia 31 de dezembro de 2019, depois que autoridades chinesas relatarem uma misteriosa pneumonia na cidade de Wuhan, metrópole chinesa com 11 milhões de habitantes. O surto inicial atingiu pessoas que tiveram alguma associação a um mercado de frutos do mar em Wuhan – o que despertou a suspeita de que a transmissão desta variação de coronavírus ocorreu entre animais marinhos e humanos. O mercado foi fechado para limpeza e desinfecção. Outras pesquisas apontam que a doença pode ter surgido do contato de humanos com morcegos ou cobras, mas nada foi confirmado.


Os sintomas iniciais de COVID-19 são febre alta, tosse seca, e fôlego curto. Alguns pacientes manifestam mais sinais, como por exemplo coriza, diarréia e dor de garganta.


IMPACTOS NO BRASIL

Além dos 234 casos de coronavírus confirmados no Brasil (até o fechamento desta matéria), nós também já estamos sentindo o impacto no mercado. Além do dólar comercial já ter batido R$5,06 e da queda da bolsa de valores, informações divulgadas pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) afirmam que metade das empresas já estão com problemas no recebimento de materiais da China (inclusive as fábricas brasileiras da LG, Samsung e Motorola tiveram suas produções suspensas por este motivo).


COMO PREVENIR O CORONAVÍRUS?

  • Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.

  • Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.

  • Evite aglomerações se estiver doente.

  • Mantenha os ambientes bem ventilados.

  • Não compartilhe objetos pessoais.

  • Se possível, permaneça em casa.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS
OUÇA A GENTE
  • Facebook Classic
Estação i
  • Instagram
Estação i
  • Facebook Classic
Rádio Empreender
  • Instagram
Rádio Empreender
  • LinkedIn ícone social
Rádio Empreender
  • Spotify ícone social
  • Deezer ícone social