Carregando ...
 

Os destinos vão desde passeios mais radicais até viagens paradisíacas



Uma pesquisa feita pelo site de viagens Booking.com revelou como as pessoas vão reacender as chamas das viagens em 2022. Depois de restrições e constantes mudanças, os benefícios das viagens para a saúde e o bem-estar voltam a ser reconhecidos. Sair de férias vai se tornar uma das principais expressões de autocuidado em 2022. Mas não estamos falando apenas de pegar um sol ou ir para um retiro de ioga. Para mais da metade (54%) dos brasileiros, estar revigorado vem como consequência de se desconectar da rotina. Além disso, 44% desses viajantes dizem que fazer uma atividade fora da rotina os ajuda a se desconectar.


Pensando nisso, empresa fez uma lista de atividades revigorantes e sugere alguns destinos nacionais para essas atividades para inspirar os viajantes a deixarem tudo para trás e vivenciarem algo diferente durante suas férias em 2022. Confira.



Curtindo as trilhas


Respirar o ar fresco em um novo destino e admirar suas paisagens é uma ótima maneira de recarregar as energias. É a atividade perfeita para fazer na Chapada dos Veadeiros (GO), a fim de se desligar de tudo, fazendo trilhas a pé.



Trilhas em 2 rodas para mountain bike


Há um lugar no Brasil bastante conhecido pela beleza praiana, mas nem todos sabem que ali se encontra uma trilha de 20 km, de beleza exuberante, para quem se aventura em duas rodas. As pessoas que gostam da adrenalina do ciclismo para se desligar de tudo vão amar a trilha da Praia da Pipa (RN), no nordeste do país. Em certo ponto, é possível até observar as tartarugas.



Cenários que valem o clique


Viajantes criativos - ou seja, aqueles que amam registrar suas viagens com uma câmera para relaxar - vão amar conhecer os Lençóis Maranhenses (MA). O Parque Nacional abriga uma imensa paisagem similar a um deserto, com dunas de areia branca, mas que guardam as surpreendentes lagoas inundadas pela água da chuva. É essencial se atentar para a temporada de chuva no local, e para o período em que o turista encontra as lagoas mais cheias.




Curtindo ao ar livre


Se um pouco de adrenalina é tudo o que você precisa para se sentir revigorado, há muitas alternativas ao ar livre disponíveis em Foz do Iguaçu (PR). Essa cidade, famosa pelas enormes e pomposas cataratas, também abriga atividades como passeios de barco que chegam pertíssimo das quedas d’água, passeios de caiaque e observação da vida selvagem, entre outros.



Mergulho relaxante com snorkel


Fernando de Noronha (PE) é o local perfeito para fugir para um mundo calmo e azul, repleto de espécies marinhas, corais preservados e até navios naufragados. Que tal conhecer as profundezas do mar azul de Noronha em um passeio para mergulho de snorkel?



De vento em popa


Às vezes, você só precisa ver o mar. Segundo a pesquisa da Booking.com, 86%* dos brasileiros concordam que ver as ondas é um remédio instantâneo para melhorar o humor. Paraty (RJ), na Costa Verde do Brasil, é conhecida por seus passeios de barco. Faça um deles e conheça belas enseadas, como a Praia da Lula e a Praia de Santa Rita.




Curtindo as pistas

Mas é possível esquiar no Brasil? Sim, é possível! Em Gramado (RS), há um parque temático com mais de 8 mil m² dedicados à experiência com a neve. Além do esqui, é possível fazer snowboard, patinar no gelo e outras atividades divertidas em temperaturas abaixo de zero.



Surfando as ondas

Você não vai precisar mais colocar o barulhinho das ondas do mar na sua playlist para relaxar quando estiver em Florianópolis (SC). A Praia da Joaquina, por exemplo, é palco de diversos campeonatos nacionais e internacionais de surf. Esse destino é a escolha perfeita para aqueles que encontram a paz enquanto remam e surfam as ondas.



Observação da vida selvagem


Nem sempre queremos adrenalina. O silêncio e a conexão com a natureza fazem com que a observação da vida selvagem seja uma atividade extremamente meditativa. É uma ótima maneira de se desligar quando estiver longe de casa. O Pantanal (MT) é um destino interessantíssimo para nos reconectar com a natureza, rodeado pelos cantos dos pássaros e pelos sons de diversos outros animais.



* Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada com um grupo de adultos que planeja viajar a lazer ou a negócios nos próximos 12 a 24 meses. No total, 24.055 pessoas em 31 países e territórios participaram da pesquisa. As pessoas entrevistadas responderam a uma pesquisa on-line em agosto de 2021.




#TURISMO

Com capacidade para receber até 5 mil pessoas por dia, o espaço funciona das 9h às 18h e os preços saem a partir de R$ 100 na compra antecipada e podem ser adquiridos pelo site ou por meio de parceiros.




Localizado em meio à natureza e em um dos mais espetaculares cenários da Serra Gaúcha, o Skyglass Canela, primeira plataforma estaiada de vidro da América Latina e uma das maiores do mundo, está de braços abertos para receber toda a família, inclusive os integrantes de quatro patas.

O visitante pode trazer o pet e andar pelo parque, se divertir na grama e na natureza, ficando restrito apenas ao acesso às atrações radicais. A recomendação é que traga o animalzinho com a guia, assim será mais fácil manuseá-lo diante de outros pets e pessoas. O espaço está situado em área de conservação ambiental e há animais do habitat natural, tais como quatis, que podem deixar o bichinho assustado, por isso, a importância das guias que permitem deixá-lo confortável na condução.

No parque, existem saquinhos para coleta, além de lixos especiais destinados para os dejetos e um bebedouro com água para aliviar a sede. O local solicita que os donos tragam um pote para colocar à água para os seus companheiros.


O Skyglass Canela. Fotos: Divulgação


Como pet friendly, a experiência do visitante é estendida, e o empreendimento inova também ao apresentar duas formas de contemplar a natureza. A pessoa pode caminhar por cima do vidro e admirar uma vista inesquecível ou, para quem ama adrenalina e aventura, o local oferece a experiência do "Abusado", um passeio de monotrilho suspenso com 10 lugares a 360 metros de altura sobre o nível do Rio Caí. Porém, os animais não são permitidos nos dois equipamentos (plataforma e Abusado) e permanecem na entrada com alguém da família ou um dos colaboradores do Skyglass Canela, que podem ajudar a cuidar do amiguinho até o retorno de seu dono humano.

Sustentabilidade Em dois anos de estudos para a execução do projeto, o Skyglass Canela procurou agregar tecnologia e sustentabilidade ao Vale da Ferradura. A plataforma foi construída em meio a um santuário ecológico com araucárias, pássaros, animais silvestres e uma paisagem sem igual. O equipamento turístico nasceu com os compromissos de preservar a natureza e contribuir com o monitoramento da fauna. O tratamento de esgoto tem 98% de pureza da água e é direcionado para a irrigação dos jardins. As árvores nativas são protegidas e foram reintroduzidas mais de 3 mil mudas de diversas espécies. Já as pedras e terras escavadas permaneceram na região, sendo reaproveitadas na própria obra. Os alicerces da plataforma, área da praça de alimentação e mirante, foram erguidos com o mínimo de impacto possível na vegetação. O visitante realiza o passeio de maneira sustentável, com experiências únicas e sem afetar o meio ambiente.

Ingressos Com capacidade para receber até 5 mil pessoas por dia, o espaço funciona das 9h às 18h e os preços saem a partir de R$ 100 na compra antecipada e podem ser adquiridos pelo site ou por meio de parceiros. Também é possível comprar na bilheteria no dia, mas sem os descontos de antecipação. É necessário agendar a data da visita no momento da reserva, sujeita a confirmação de disponibilidade.

Conheça mais sobre o atrativo no site www.skyglasscanela.com.br e nas redes sociais (Instagram e Facebook): @skyglasscanela.

Sobre o Skyglass Canela O Skyglass Canela, primeira plataforma estaiada de aço e vidro da América Latina e uma das maiores do mundo, está localizado a 14 km do Centro de Canela, na zona rural da cidade. O espaço funciona das 9h às 18h e conta com atrações como o “Abusado”, um passeio suspenso a 360 metros de altura sobre o nível do Rio Caí, e o Memorial do Ferro de Passar, que reúne um acervo com mais de 400 exemplares, além de loja de souvenirs, playground, lanchonetes e estacionamento.




#PET

Data celebra início da fabricação do carro no Brasil, em 1959




O Dia Nacional do Fusca é comemorado em 20 de janeiro, data que marca o início da produção do modelo em 1959, no país. Para celebrar a data e auxiliar o motorista a conservar esse e outros veículos clássicos, a Motul (multinacional francesa especializada em lubrificantes e fluidos de alta tecnologia) elencou cinco cuidados essenciais.



1) Faça revisões periódicas


De acordo com Rafael Recio, gerente de Produto e Suporte Técnico da Motul Brasil, é importante realizar revisões periódicas para a verificação de todas as peças do veículo e estar sempre atento aos ruídos, que podem ser indicativos de problemas, sobretudo, em sistemas como motor e arrefecimento. O carburador, o sistema de freios e os pneus também demandam bastante atenção, pois sofrem com degradação acelerada quando ficam parados por muito tempo. "O veículo clássico tende a rodar menos que o veículo de uso diário, por isso as revisões devem ser feitas de acordo com essa condição, normalmente sendo regrada por tempo e não quilometragem", explica. Mesmo estando parado, os fluidos devem ser trocados, obedecendo rigorosamente um plano de manutenção, independentemente do carro ter ou não atingido uma quilometragem limite desse plano.



2) Coloque o veículo para rodar regularmente


O engenheiro frisa que nenhum carro é fabricado para ficar parado. Portanto, mesmo um automóvel de coleção deve ser colocado, regularmente e sempre que possível, nas ruas para manter o funcionamento, com as peças lubrificadas. “Em muitos casos é conveniente deixar o motor funcionando por um tempo para garantir que a viscosidade dos fluidos seja ideal para que cumpram sua função. É uma forma de evitar danos e aproveitar o momento para ficar atento a qualquer anormalidade de funcionamento antes de sair rodando”, orienta.



3) Redobre a atenção se o veículo ficar parado


Se ficar por longo tempo em repouso ou hibernação, o carro precisará de manutenção diferenciada e produtos adequados. Para o motor, por exemplo, o filme lubrificante deve ter capacidade superior de adesão para que perdure por mais tempo, mesmo que o motor fique em repouso, sem circulação de óleo. "Esse cuidado garante a proteção contra a corrosão e uma partida eficaz, após o período de inatividade", aponta.



4) Tenha cuidado na hora da lavagem


Para proteger a carroceria, a recomendação é tomar cuidado com a pressão dos jatos de água e com a escolha dos produtos utilizados – Alta pressão pode deslocar vedações e acabamentos, além de causar infiltrações e outros. Detergentes neutros auxiliam na conservação da lataria e pintura. Após lavar e secar o carro, também é recomendado andar por alguns quilômetros para garantir que o excesso de água seja expelido.



5) Guarde o veículo em local adequado


O especialista da Motul orienta que o carro seja mantido em local protegido de sol e chuva, uma vez que os fenômenos temporais podem prejudicar a pintura, mas cuidado no uso de algumas capas automotivas. Com o tempo elas podem causar danos na pintura pelo atrito, bem como aumentar a chance de acúmulo de umidade excessiva. Além disso, a garagem também precisa receber ventilação controlada, visto que a presença da umidade pode deteriorar peças sensíveis de acabamento interno, como couro, veludo, carpetes e a própria carroceria.




#COTIDIANO