Problemas ambientais envolvendo o projeto para um autódromo do Rio impactaram decisão da categoria



A Fórmula 1 divulgou o calendário oficial da temporada 2021 com uma reviravolta no GP do Brasil: São Paulo aparece e ainda com uma data para a realização da corrida: 14 de novembro. Segundo o site RaceFans informou, "o circuito de Interlagos garantiu uma vaga no calendário da F1 de 2021, apesar da competição de um projeto rival no Rio de Janeiro". Informação que mais tarde foi confirmada pela próprio F1.


Imagem de divulgação F1



São Paulo e Rio de Janeiro vinham a muito tempo travando uma disputa para sediarem a corrida a partir do próximo ano. Mesmo tendo um dos mais tradicionais circuitos da categoria, falta à capital paulista falta à 'candidatura' da cidade o aporte financeiro que os cariocas dizem ter. São Paulo tem o 'ônus' de ser uma das duas provas da F1, junto de Mônaco, que não pagam taxa para a categoria para sediar uma corrida.


A detentora dos direitos comerciais da categoria, Liberty Media, apresentou no final de outubro um calendário mostrando o Rio de Janeiro como sede da etapa brasileira em 2021.


Porém, com a demora para a obtenção da licença ambiental para o início das obras, ficou claro que seria praticamente impossível construir uma pista em menos de um ano para receber a corrida no próximo ano.


A Liberty trabalha para manter o Brasil no calendário, pois o país é responsável por cerca de 20% da audiência mundial da categoria. A categoria vinha pleiteando junto a São Paulo o pagamento da taxa anual para receber a prova (algo que não vinha acontecendo nos últimos anos devido a um acordo feito pelo ex-detentor dos direitos comerciais, Bernie Ecclestone) e a saída do promotor Tamas Rohonyi, à frente do GP há mais de 30 anos. A confirmação da corrida em São Paulo depende da assinatura do contrato e confirmação da Liberty Media.



VEJA COMO FICOU O CALENDÁRIO 2021 DA F1

GP da Austrália - 21/03

GP do Bahrein - 28/03

GP da China - 11/04

GP 25/04 (A CONFIRMAR)

GP da Espanha - 09/05*

GP de Mônaco - 23/05

GP do Azerbaijão - 06/06

GP do Canadá - 13/06

GP da França - 27/06

GP da Áustria - 04/07

GP da Grã-Bretanha - 18/07

GP da Hungria - 01/08

GP da Bélgica - 29/08

GP da Holanda - 05/09

GP da Itália - 12/09

GP da Rússia - 26/09

GP de Singapura - 03/10

GP do Japão - 10/10

GP dos Estados Unidos - 24/10

GP do México - 31/10

GP do Brasil (São Paulo) - 14/11*

GP da Arábia Saudita - 28/11

GP de Abu Dhabi - 05/12


*confirmação depende da assinatura do contrato


Mesmo com o cenário provocado pela pandemia, casos de positivo detectado dentro da F1 e com a Europa voltando a se fechar em meio a uma segunda onda de casos de Covid-19, o CEO da categoria Chase Carey afirmou em diversas ocasiões que para o próximo ano queria chegar a um calendário "próximo do normal" mesmo com todo o cenário adverso. Inclusive para o próximo ano Carey espera contar com a presença de fãs nos autódromos.


"Estamos planejando para os eventos de 2021 com a presença dos fãs e uma experiência próxima do normal e esperamos que nossos acordos possam ser honrados. Provamos que é possível viajar com segurança e operar nossas corridas. Os promotores vem reconhecendo cada vez mais a importância de seguir adiante, lidando com o vírus".


"Na verdade, muitos promotores pretendem usar nossos eventos como uma plataforma que mostre ao mundo que estamos seguindo adiante. Estamos felizes ao ver a Arábia Saudita juntando-se ao calendário e igualmente animados pelo retorno às pistas que esperávamos correr em 2020".


Outra confirmação que aparece no calendário é a corrida do dia 25 de abril que aparece como "a confirmar" devido ao corte do GP do Vietnã. Segundo anunciado pela BBC Sport, a F1 estuda preencher esse espaço com uma prova em solo europeu. Três pistas são vistas como potenciais candidatas: Istambul, Ímola e Portimão.


A temporada 2021 da F1 está marcada para o dia 21 de março com o tradicional GP da Austrália e a última corrida do campeonato será dia 05 de Dezembro no GP de Abu Dhabi. Com 23 datas no calendário, a temporada será a maior desde a criação da principal categoria do automobilismo mundial.

Anúncio foi feito no Twitter oficial do time Rubo-Negro. O ex-goleiro comandará o time até dezembro de 2021


Flamengo anuncia a contratação do técnico Rogério Ceni

Imagem: Reprodução Instagram @flamengo



O Flamengo agitou o mercado da bola e anunciou Rogério Ceni como novo técnico do time. Ele comandará o rubo-negro até 21 de dezembro de 2021. O ex-goleiro chega para substituir Domènec Torrent, demitido na tarde desta segunda-feira, após goleada sofrida para o Atlético-MG.



Rogério Ceni estava no Fortaleza e tinha contrato até o fim do ano. Esse será o quarto clube na carreira do ex jogador, que teve passagens por Cruzeiro, São Paulo e Fortaleza.


O primeiro jogo do Flamengo com o novo técnico será pelas quartas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira (11) contra o São Paulo, time que Rogério Ceni tem uma imensa história como jogador.

Artistas como Daniel, Danilo Gentili e Ivete Sangalo são algumas das atrações confirmadas no evento



A edição 2020 da campanha AACD Teleton, maratona solidária que tem como objetivo arrecadar recursos para a AACD (Associação de Assistência à Criança com Deficiência) e divulgar a causa da pessoa com deficiência física será exibido ao vivo hoje, 7, pelo SBT, das 10h30 às 20h30. A partir das 7h a emissora começará a exibir com 'flashes' sobre o evento em sua programação do canal.


Por conta da pandemia do novo coronavírus, pela primeira vez desde que o Teleton chegou ao Brasil, em 1998, a arrecadação vai até o dia 31 de dezembro de 2020. Além disso, o digital terá um papel fundamental nesse período, promovendo diversas ações de engajamento com influenciadores para captar recursos para a instituição. Ao que tudo indica, a edição deste ano não contará com a participação do apresentador Sílvio Santos.

O programa será transmitido diretamente direto dos estúdios do SBT, em São Paulo respeitando todas as medidas para evitar a propagação da Covid-19.

"Este é um ano desafiador para todos nós, mas estamos contentes, diante de todas essas adversidades, em poder realizar um Teleton tão especial, utilizando toda a tecnologia e plataformas digitais que temos disponíveis. E sempre contando com o apoio fundamental do nosso parceiro SBT", afirma Valdesir Galvan, CEO da AACD.

Com a crise advinda da pandemia do novo coronavírus, a AACD teve prejuízos financeiros, principalmente por conta da queda de receita junto às operadoras de planos de saúde, aumento de custos e necessidades de compras de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e menor quantidade de doações ao longo do ano. Por isso, enfrenta um gap de cerca de R$ 50 milhões em seu orçamento anual.

"Diante desse cenário, a Campanha AACD Teleton 2020 se torna ainda mais fundamental. Vimos um grande engajamento de empresas e da sociedade em ações de combate à Covid-19, e esperamos que essa solidariedade continue agora, pois precisamos de doações para manter a nossa atuação com a qualidade e excelência que os nossos pacientes precisam e merecem", diz Edson Brito, superintendente de Marketing e Relações Institucionais da AACD.

Todas as doações feitas durante a Campanha AACD Teleton são fundamentais para o trabalho da Instituição, que somente nos últimos 10 anos realizou cerca de 10,5 milhões de atendimentos, sendo cerca de 80% via SUS, ou seja, sem nenhum custo direto aos pacientes.

Hoje, a AACD conta com nove unidades localizadas nos estados de São Paulo, Pernambuco, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Também tem na sua estrutura cinco oficinas ortopédicas e um hospital ortopédico. E tem buscado firmar parcerias com entidades da sociedade civil de outras partes do Brasil, para levar o padrão AACD de qualidade e atendimento a quem mais precisa.

NOVIDADES NA ARRECADAÇÃO

Pela primeira vez em sua história, a campanha do Teleton não terá meta de captação. A AACD e o SBT optaram por seguir dessa maneira devido à crise econômica proveniente dos impactos da Covid-19, que impossibilita estipular o valor de arrecadações para este ano.

Além da participação dos padrinhos oficiais do Teleton – os apresentadores Eliana e Celso Portiolli, o cantor Daniel e a influenciadora digital e apresentadora Maísa – a edição 2020 do Teleton também contará com o apoio de outros artistas que acreditam na causa da pessoa com deficiência física. A música-tema desta edição será Pra Ser Feliz, do cantor Daniel. "No ano mais imprevisível da nossa história, no ano em que a pandemia nos afastou de tudo e todos, o Teleton se propõe a unir o que temos de melhor, a solidariedade, a força para ajudarmos uns aos outros, apesar do distanciamento, e a nos reinventar fortalecendo ainda mais nossa luta pela causa da pessoa com deficiência", ressalta Norma Mantovanini, diretora do Teleton 2020.

Os parceiros já confirmados até o momento na Campanha AACD Teleton 2020 são Assaí, BB Seguros, Drogasil, Hipercard e Riachuelo.

COMO DOAR

Site: www.teleton.org.br

PARA DOAR R$ 5,00 - 0500 12345 05

PARA DOAR R$ 20,00 - 0500 12345 20

PARA DOAR R$ 40,00 - 0500 12345 40

Doações mínimas de R$ 5,00 pode ser feitas via cartão de débito ou crédito. Valores a partir de R$ 10,00 podem ser pagos por boleto, que é enviado via e-mail.

BONECOS

TONZINHO OU NINA – R$80,00

TONZINHO + NINA – R$150,00

De acordo com o SBT, têm a presença confirmada no Teleton 2020 os seguintes artistas: Alcione, Darlisson Dutra, Aline Barros, Márcia Dantas, André Valadão, Luis Ricardo, Chitãozinho & Xororó, Silvinha Abravanel, Daniel, Zé Américo, Dilsinho, Ticiana Villas Boas, Felipe Araujo, Livia Andrade, Gustavo Mioto, Danilo Gentili, Ivete Sangalo, Ratinho, Joelma, Chris Flores, Júlia & Rafaela, Helen Ganzarolli, Léo Chaves, Gabriel Cartolano, Maiara & Maraisa, Nadja Haddad, Maneva, Marlei Cevada, Marilia Mendonça, Maisa, Matogrosso & Mathias, Celso Portiolli, Patati Patatá, Eliana, Paula Fernandes, Sorriso Maroto, Tiago Abravanel, Vitor Kley, Patricia Abravanel, 3 Palavrinhas, Rebeca Abravanel, Wanessa Camargo e Jota Quest.

A emissora ainda destaca que o Teleton 2020 "contará com o apoio" de Marcão do Povo, Liminha, Flor, Ana Paula Renault, Carlos Bertolazzi, Quintal da Cultura, Otávio Mesquita, Tiago Barnabé (Narcisa), Mara Maravilha, Murilo Couto, Milene Pavorô, Christina Rocha, Raul Gil, Teo José, Jackson Foolmann, Carlos Alberto de Nóbrega, César Filho, Rodrigo Faro, Marcos Mion, Sabrina Sato, Olivier Anquier, Beca Milano, Juliana Oliveira, Arlindo Grund, Lilia Cabral, Padre Juarez, Adriane Galisteu, Tirulipa, Carlos Nascimento, Guga Kuerten e Tony Ramos.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS
OUÇA A GENTE
  • Facebook Classic
Estação i
  • Instagram
Estação i
  • Facebook Classic
Rádio Empreender
  • Instagram
Rádio Empreender
  • LinkedIn ícone social
Rádio Empreender
  • Spotify ícone social
  • Deezer ícone social