Buscar

Atual campeã olímpica, Martine Grael confirma participação na 70ª edição da Regata Santos-Rio

Medalha de Ouro na Rio-2016, Martine vai 'duelar' contra seu pai e bicampeão Olímpico, Torben Grael, e contra seu tio, Lars Grael, duas vezes medalhista de Bronze



Atual campeã Olímpica na Rio-2016 e campeã Mundial na classe 49er FX, a niteroiense Martine Grael é mais um grande nome da vela mundial a confirmar participação na 70ª edição da Regata Santos-Rio, a mais tradicional do país de Vela de Oceano, que tem largada marcada para às 12h na sexta-feira, dia 23 de outubro.


"Acho que a Santos-Rio tem que esperar de tudo, vento forte, chuva, pouco vento", disse Martine que está em Portugal em treinamento com o Time Brasil visando os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021: "Posso concordar que é a mais desafiadoras. O recorte da nossa costa com montanhas e baías faz o velejador ter que ter uma percepção boa do vento. A previsão do tempo dificilmente capta alterações locais. E a tática varia entre se aproximar da costa ou se afastar. Geralmente o resultado só se percebe horas depois", seguiu.



A família Grael estará em peso na 70ª Santos-Rio. Pai de Martine, Torben Grael, bicampeão olímpico e dono de cinco medalhas nos Jogos, marcará presença assim como Lars Grael, irmão de Torben e tio de Martine, dono de duas medalhas de Bronze. Todos estarão em barcos diferentes. Lars vai em seu novo barco, o Avohai.


Martine destaca a disputa saudável com a família e a experiência a favor de seu pai e tio. Ela terá a missão e 'derrotá-los'. Torben tem cinco conquistas como comandante e Lars um título: "Acho que rola disputa entre todos os barcos. E é claro que todos imaginam ganhar. Mas tenho um respeito enorme pelo meu pai e meu tio e a experiência dos demais velejadores. Não vou para chegar atrás, mas também não seria nenhum vexame. Aliás é a minha terceira Santos Rio. E com esse negócio de barco a vela já viu que experiência conta e muito!" finalizou.


Desfile de Barcos na Baía de Santos e presença do Navio-Veleiro Cisne Branco

Antes da largada no dia 23 de outubro, a 70ª edição da Santos-Rio terá um desfile na Baía de Santos, a partir das 10h30, com a presença de todos os barcos dando destaque para os veleiros campeões. O desfile acontecerá entre o Píer dos Pescadores e o Navio-Veleiro Escola Cisne Branco da Marinha do Brasil que fará uma salva de canhão para cada veleiro vencedor da regata. Por conta do desfile, o Porto de Santos ficará fechado em torno de uma hora.


A disputa, com organização do Iate Clube de Santos e do Iate Clube do Rio de Janeiro e apoio da Associação Brasileira Veleiros de Oceano, a ABVO, acontece por 180 milhas náuticas, cerca de 300 km e já tem velejadores e veleiros confirmados do Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Santa Catarina e Bahia.


Além da família Grael, outros grandes nomes estão confirmados como o medalha de Bronze, Kiko Pelicano, o campeão mundial Samuel Gonçalves, o velejador olímpico e recordista de tempo da Santos-Rio em 2015 (veleiro Cumiranga), Samuel Albrecht, e Henry Boening, o Maguila, proeiro de Robert Scheidt. Lembrando que os Veleiros de Oceano farão parte da próxima edição dos Jogos Olímpicos de Paris em 2024 com barcos de 30 pés e dupla mista com um homem e uma mulher como tripulantes.


Mudanças na Recepção e na premiação

Por conta da pandemia, na noite que antecede a largada, o evento é aberto com um jantar de boas-vindas oferecido pelo Iate Clube de Santos às tripulações e seus familiares. Neste ano, em função da pandemia, a organização e os dirigentes do clube oferecerão um coquetel especial para os comandantes, no Mirante da sede Guarujá, onde acontecerá a habitual reunião dos comandantes e a entrega dos kits, compostos por camiseta do evento + boné/viseira do ICS para todos os velejadores. Respeitando todos os protocolos de distanciamento social e higienização exigidos pelo Governo do Estado de São Paulo.


Já a cerimônia de premiação fica a cargo do Iate Clube do Rio de Janeiro. Tradicionalmente há uma festa após a cerimônia de premiação regada à muita cerveja, mas por conta da pandemia foi suspensa. Após a disputa da 70ª Santos-Rio será realizada a 51ª edição do Circuito Rio entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro com organização do Iate Clube do Rio de Janeiro. O Circuito Rio valerá como o Campeonato Brasileiro da classe ORC.



Crédito fotos | Will Carrara

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS
OUÇA A GENTE
  • Facebook Classic
Estação i
  • Instagram
Estação i
  • Facebook Classic
Rádio Empreender
  • Instagram
Rádio Empreender
  • LinkedIn ícone social
Rádio Empreender
  • Spotify ícone social
  • Deezer ícone social