Buscar

Estudantes podem se inscrever em concurso de contos sobre os direitos das mulheres

Com inscrições abertas até 21 de setembro, a iniciativa é voltada a alunos de 14 a 18 anos de escolas públicas e privadas



O concurso de contos “A educação média para uma cultura sem violência contra as mulheres” está com inscrições abertas até o dia 21 de setembro. Podem se inscrever estudantes de Ensino Médio, com idade entre 14 e 18 anos, das escolas públicas e privadas do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. A iniciativa é do Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul (IPPDH).


Acesse o edital | Faça a sua inscrição


O concurso faz parte da campanha regional “Livre, Igual e Feliz”, lançada em comemoração ao 40º aniversário da Convenção para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres (CEDAW). Ao todo, serão selecionados 30 contos que vão integrar uma publicação digital, além da entrega de menção honrosa com diploma para os quatro primeiros colocados.


O intuito é explorar a criatividade por meio de histórias escritas que permitam contribuir para a conscientização, informação e divulgação dos direitos das mulheres. As histórias podem incluir como foco principal qualquer um dos direitos estabelecidos pela CEDAW, considerando a perspectiva dos impactos da pandemia sobre esses direitos.


A iniciativa é do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) em parceria com entidades dos demais países do Mercosul que compõem a Comissão Permanente de Gênero e Direitos Humanos das Mulheres da Reunião de Altas Autoridades sobre Direitos Humanos do Mercosul (RAADH).


Eixos da ação

Titular da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (SNPM/MMFDH), Cristiane Britto ressalta que os eixos da iniciativa contemplam a igualdade de oportunidades e não discriminação, participação política, educação, trabalho e mulheres rurais e indígenas.


“Precisamos estimular uma cultura de respeito às mulheres. Nesse sentido, a promoção do concurso de contos é uma oportunidade de estimular a reflexão nas escolas”, celebra a secretária.



Para dúvidas e mais informações: concursodecuentos@ippdh.mercosur.int gab.snpm@mdh.gov.br




#ENTRETENIMENTO #CULTURA #EDUCAÇÃO