Carregando ...
 
Buscar

RESUMÃO DAS OLIMPÍADAS: Laura Pigossi e Luisa Stefani conquistaram bronze inédito no tênis

O dia começou com o histórico bronze de Laura Pigossi e Luisa Stefani. Conquista foii a primeiro no tênis para o Brasil em Jogos Olímpicos. Confira o resumo com os destaques do dia.



NÃO CONSEGUIU ACOMPANHAR TUDO? CONFIRA NOSSO RESUMÃO


TÊNIS

Temos mais uma medalha. Bronze no Tênis feminino de dupla. É a primeira medalha olímpica da modalidade do Brasil.


Depois de perderem o primeiro set, Laura e Luisa se recuperaram na parcial seguinte. No match tie-break, conseguiram virar o jogo quando o placar indicava 9/5 para as russas. Com seis pontos seguidos, elas fecharam a partida.


Luisa Stefani e Laura Pigossi conquistaram o bronze na dupla feminina do tênis. Foto: Time Brasil


Ao site do COB as atletas declararam que "Ainda não caiu a ficha do quanto isso é importante. Entramos na competição de última hora, aos 45 do segundo tempo, e fizemos valer a pena. Aproveitamos cada momento para representar o tênis brasileiro da melhor maneira e estamos muito felizes de trazer a medalha para casa", comemorou Luisa Stefani.

"Nós nunca deixamos de acreditar que podíamos. Desde que recebemos a confirmação da classificação, sabíamos que poderíamos jogar de igual para igual contra todas que estão aqui. A derrota na semifinal foi muito dura, mas tivemos forças para nos reorganizar, juntar energias e defender as cores do Brasil da melhor maneira", completou Laura.


Lembrando que a dupla teve sua participação confirmada a uma semana da abertura oficial dos Jogos Olímpicos. A cerimônia de premiação está marcada para este domingo, 1, após a decisão da medalha de ouro nas duplas femininas, marcada para as 15h do Japão (3h do Brasil).



HANDEBOL

A seleção feminina do Brasil não conseguiu manter o mesmo ritmo durante toda a partida, oscilou muito e acabou perdendo para a Suécia por 31x34, neste sábado, 31, pela quarta rodada dos Jogos Olímpicos. Mesmo tendo aberto uma vantagem de 13 x 9, no começo do primeiro tempo, a equipe brasileira, não conseguiu manter o ritmo e a acabou cedendo a vitória para as suecas.


Para se classificar para as oitavas-de-final de Tóquio 2020 na última rodada da primeira fase, contra a França, o Brasil precisa de um empate para seguir em frente.



VÔLEI

A seleção feminina segue invicta e segue a liderança de seu grupo ao vencer a Servia por 3 sets a 1. A seleção da Sérvia não havia perdido nenhum set até encontrar com as brasileiras em quadra.


O próximo adversário do Brasil será a o Quênia na próxima segunda, dia 2, às 16h25 no Japão (4h25 da manhã no Brasil).



BOXE

Em luta emocionante, Wanderson de Oliveira garantiu vaga nas quartas de final da categoria até 63kg após derrotar o atleta da Belorrússia Dzmitry Asanau por 3 a 2.

Após vencer o primeiro round, o bielorrusso venceu o segundo e levou a decisão para o terceiro e último round. Com um jogo agressivo, Wanderson garantiu a vaga nas quartas de final.


A próxima luta ser na próxima terça feira, 3, às 18h18 do Japão (6h18 do Brasil) contra o cubano Andy Cruz.



VELA

Na classe 49erFX as velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze encerraram a fase de classificação em segundo lugar. A Regata da Medalha da classe 49erFX está programada para segunda-feira,2, a partir das 14h33 do Japão (2h33 de Brasília).

Na 49er, Marco Grael e Gabriel Borges não conseguiram a classificação para a regata final.


Na RS:X feminina, Patricia Freitas terminou a disputa decisiva na oitava posição, encerrando sua participação na classificação geral na 10ª colocação, com 133 pontos perdidos. Na Finn, Jorge Zarif é o 14º no geral, com 74 pontos perdidos. Na Nacra 17, Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino estão na nona posição, com 63 pontos perdidos.

A disputa da vela nos Jogos Olímpicos prossegue neste domingo. O bicampeão olímpico Robert Scheidt disputa a Regata da Medalha da classe Laser a partir das 14h33 no Japão (2h33 de Brasília). O velejador tem chances de conquistar a medalha de prata ou a de bronze. Também estão previstas as últimas regatas da fase de classificação da Finn e da Nacra 17, além das disputas da 470 feminina e masculina.



JUDÔ

O Brasil encerrou a participação na competição de judô dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 na sétima colocação da disputa por equipes mistas, prova que estreou no Japão e causou um impacto muito positivo. O destaque brasileiro foi Mayra Aguiar que, com a lesão de Maria Suelen Altheman na competição individual, precisou lutar na categoria pesado e venceu seus dois combates. A modalidade encerra sua participação dom dois bronzes e ajudou o Brasil no quadro de medalhas.



RUGBY

A seleção feminina de rugby sevens encerrou sua participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio com um triunfo sobre as anfitriãs japonesas por 21 a 12.

A primeira vitória brasileira nesta edição do torneio foi marcada pela postura equilibrada da equipe, tanto no ataque quanto na defesa.



TIRO COM ARCO

Marcus D’Almeida fez história ao avançar para as oitavas de final do tiro com arco, mas não resistiu ao difícil combate com o italiano Mauro Nespoli, que tem duas medalhas olímpica na modalidade por equipe.

O medalhista de prata nos Jogos Pan Americanos Lima 2019 se tornou o primeiro brasileiro a atingir as oitavas de final olímpica do tiro com arco.

Com o fim da participação de Marcus, o tiro com arco do Brasil se despede de Tóquio.



NATAÇÃO

Bruno Fratus assegurou sua vaga na final do 50m livre, a prova mais rápida da natação, nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. O velocista volta à piscina na manhã deste domingo, às 10h30 no Japão (22h30 de sábado no Brasil).


ATLETISMO

No Salto com Vara, Thiago Braz está classificado para a final dos Jogos de Tóquio. O atual campeão olímpico foi um dos 12 atletas a superar os 5.75m e a garantir seu lugar na decisão do próximo dia 3, às 19h20 (7h20 no horário de Brasília).


No Lançamento de Disco, Izabela Rodrigues, segue em busca de medalha no lançamento do disco. A campeã mundial juvenil de 2014 registrou 61.52m como melhor marca e ficou com a última das 12 vagas. Já Andressa Morais e Fernanda Borges, outras brasileiras na prova, não conseguiram se classificar.



Veja todos os resultados da sessão da manhã no segundo dia de provas do atletismo:


SALTO COM VARA MASCULINO

Thiago Braz – 5.75m (classificado para a final)

Augusto Dutra – 5.65m (8° lugar no Grupo A)


LANÇAMENTO DO DISCO FEMININO

Izabela Rodrigues – 61.52m (classificada para a final)

Andressa Morais – 58.90m (13° lugar no Grupo B)

Fernanda Borges – 57.90m (10° lugar no Grupo A)


100M COM BARREIRAS FEMININO

Ketiley Batista – 13.40 (7° lugar na série)


400M COM BARREIRAS FEMININO

Chayenne da Silva – 57.55 (8° lugar na série)


800M MASCULINO

Thiago André – 1:47.75 (8° lugar na série)



VÔLEI DE PRAIA

O Brasil classificou suas quatro duplas do vôlei de praia – duas no masculino e duas no feminino – para as oitavas de final dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.


Ana Patrícia e Rebecca perderam sua terceira e última partida da fase de classificação, mas a derrota não impediu as brasileiras de se classificarem como uma das duas melhores terceiras colocadas nos grupos, evitando a repescagem. Ágatha e Duda passaram em segundo no Grupo C. No masculino, Alison e Álvaro Filho, no Grupo D, e Evandro/Bruno Schmidt, no Grupo E, avançaram para as oitavas de final na primeira posição.



FUTEBOL MASCULINO

O futebol masculino fez a lição de casa e venceu, com um gol de Matheus Cunha, para a semifinais da modalidade em Tóquio.


A vitória por 1 x 0 mantem o Brasil na luta pela medalha de Ouro, para isso só faltam mais dois jogos. O Brasil agora decidirá sua vaga para a final na próxima terça-feira, às 5h (de Brasília). O Brasil enfrenta o México. Na outra semifinal, duelam Espanha e Japão.




#ESPORTE #OLIMPÍADAS