Buscar

RESUMÃO DAS OLIMPÍADAS: vitórias no judô, futebol masculino e na dupla do feminino de tênis

Laura Pigossi e Luisa Stefani se classificaram para as semifinais do. No vôlei masculino a Seleção Brasileira perdeu por 3X0. Confira mais destaques no nosso resumão.



As Olimpíadas continuam a todo vapor. No futebol, a seleção masculina vencer mais uma partida e continua sua caminhada rumo à medalha. No Tiro com Arco Marcus D’Almeida venceu e avançou às oitavas de final. Confirma o que de mais importante aconteceu no dia.



NÃO CONSEGUIU ACOMPANHAR TUDO? CONFIRA NOSSO RESUMÃO


BOXE

Keno Machado vence chinês Chen Daxiang. Foto: Frank Franklin II/AP



Keno Machado vence mais uma luta rumo a sua medalha. O boxe brasileiro colocou mais um atleta nas quadras de final dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Keno Machado (75kg a 81kg) venceu por unanimidade o chinês Daxiang Chen em luta encerrada no segundo round nesta quarta-feira no Japão.


O pugilista brasileiro volta ao ringue da Kokugikan Arena, em Tóquio, na sexta-feira, dia 30, às 13h24 do Japão (1h24 de quinta no Brasil). Se vencer pelas quartas de final, ele assegura ao menos a medalha de bronze, já que nos Jogos Olímpicos os dois atletas derrotados nas semifinais vão ao pódio.



FUTEBOL MASCULINO

O Brasil fez sua lição de casa e encerrou a fase de grupo em primeiro lugar ao vencer a Arábia Saudita por 3 x 1. Com a vitória os jogadores garantiram a classificação às quartas de final. A equipe volta a campo no sábado, 31, às 19h do Japão (7h no Brasil) contra adversário que ainda será definido.



TÊNIS

Laura Pigossi e Luisa Stefani se classificaram para as semifinais do torneio de duplas ao derrotarem de virada as norte-americanas Jessica Pegula e Bethanie Mattek-Sands em 1h26min de partida. Com o resultado, a dupla já iguala o melhor resultado do tênis brasileiro na história dos Jogos Olímpicos. Laura e Luisa aguardam o resultado de Pérez/Stosur (Austrália) x Bencic/Golubic (Suíça) para saberem quem será a adversária na próxima fase.


Laura Pigossi e Luisa Stefani. Foto: Gáspar Nobrega/COB



Luisa ainda volta à quadra nesta quarta-feira, ao lado de Marcelo Melo, para a estreia na chave de duplas mistas. Eles encaram na primeira rodada os sérvios Novak Djokovic e Nina Stojanovic, na quadra central.



TIRO COM ARCO

Marcus D’Almeida venceu seus dois primeiros confrontos na disputa individual do tiro com arco e avançou às oitavas de final da competição em Tóquio igualando o melhor resultado do país em Jogos Olímpicos, obtido por Ane Marcelle no Rio 2016. Marcus volta a competir no sábado, dia 31, às 9h do Japão (21h de sexta no Brasil) contra o italiano Mauro Nespoli em busca de uma vaga nas quartas. No mesmo dia o torneio avança com disputas até a decisão da medalha.




HANDEBOL MASCULINO

O time masculino não conseguiu passar pela Espnha, encarando sua terceira derrota o que dificulta e muito a possibilidade de uma medalha, apesar de quatro equipes se classificam no grupo de seis equipes. A equipe do Brasil ainda tem pela frente a Alemanha e Argentina. Lembrando que a Alemanha é a equipe que lidera o ranking mundial da modalidade.



VÔLEI MASCULINO

O Brasil voltou a não ter uma boa atuação e perdeu para o Comitê Olímpico Russo por 3 sets a 0. Apesar das mudanças feitas pelo técnico Renan, na tentativa de dar nova cara a partida, a equipe não engrenou e mostrou ter dificuldades diante do placar adverso. O Brasil não conseguiu impor seu jogo. A próxima partida do Brasil será contra os Estados Unidos.



NATAÇÃO

Os brasileiros não conseguiram passar pelas eliminatórias da natação nesta quarta-feira pela manhã, nas Olimpíadas de Tóquio. Vinícius Lanza e Caio Pumputis, nos 200m medley, e Larissa Oliveira, nos 100m livre, fizeram tempos fora dos 16 melhores em suas respectivas provas e ficam de fora das semifinais individuais.


No revezamento 4x200m livre feminino. Aline Rodrigues, Larissa Oliveira, Naná Almeida e Gabi Roncatto fizeram o quinto tempo de sua bateria, com 7m59s50, mas não foi suficiente para ficar entre as oito melhores que foram à final.



CANOAGEM

A canoagem slalom do Brasil avançou para as semifinais. Ana Sátila disputou as classificatórias do C1 (canoa individual) e Pedro Gonçalves do K1 (caiaque individual) e ambos avançaram para as semifinais. A etapa decisiva do C1 acontece nesta quinta-feira (29), já a do K1 será na sexta-feira (30).



JUDÔ

Com certeza estA não foi a Olimpíada do Judô brasileiro. Maria Portela (70kg) e Rafael Macedo (90kg) não avançaram na competição. Rafael Macedo foi derrotado por Islam Bozbayev, do Cazaquistão, na primeira luta da competição. Portela venceu Nigara Shaheen, do Time de Refugiados, com um ippon relâmpago, mas na segunda luta acabou sendo derrotado, depois de um golden score de mais 10 minutos, pela russa Madina Taimazova ao receber a terceira punição.


Nesta quinta, 29, o judô brasileiro volta aos tatames com Mayra Aguiar (78kg) e Rafael Buzacarini. As eliminatórias começam às 11h, no horário japonês (23h do dia 28, no horário de Brasília).



VÔLEI DE PRAIA

A dupla Ana Patricia e Rebecca foi derrotada por Tina Graudina e Anastasija Kravcenoka, da Letônia, por 2 sets a 1, em 49 minutos.


Com o resultado, as brasileiras somam 3 pontos no Grupo D e agora terão de vencer as americanas Kelly Claes e Sarah Sponcil, no sábado, pela última rodada da fase de classificação, para garantirem a vaga nas oitavas de final sem dependerem de outros resultados.



BADMINTOM

Fabiana Silva se esforça, mas perde para 14° do mundo e se despede de Tóquio. Em sua estreia em Jogos Olímpicos, Fabiana foi superada pela americana Beiwen Zhang.



TÊNIS DE MESA

Hugo Calderano foi eliminado ao ser derrotado por 4 x 2 pelo alemão Dimitrij Ovtcharov. Mesmo com esta derrota Hugo Calderano conseguiu o melhor resultado DA HISTÓRIA de um mesa-tenista não-asiático ou europeu.




Agenda das Olimpíadas de Tóquio 2021 desta quarta-feira


22h - Ciclismo BMX – Corrida Feminina

23h - Remo

23h - Handebol - Espanha x Brasil

23h35 - Judô - Rafael Buza X Toma Nikiforov





#ESPORTE #OLIMPÍADAS