Os Jogos Olímpicos de Tóquio começaram oficialmente nesta sexta-feira (23), depois de terem sido adiados em razão da pandemia da Covid-19.


Vista interna do estádio durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão — Foto: Frank Gunn/The Canadian Press via AP



Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, foi aberto oficialmente nesta sexta feira, com muito simbolismo, sem perder a visão do momento em que o mundo vive, cheio de incertezas.


PRINCIPAIS MOMENTOS DA FESTA:


• Queima de fogos que deu inicio à festividade;


• Destaque do treinamento solitário que os atletas tiveram que imprimir para poderem participar desta Olimpíada;


• Homenagem aos milhões de mortos pela Covid-19;


• Dançarinos sob efeitos especiais e acrobacias;


• Desfile das equipes, apesar de reduzida, teve muito entusiasmo por parte dos que estavam presente, com a Grécia abrindo o desfile, como é a tradição;


• A equipe olímpica de refugiados também fez parte do desfile, assim como carregou a bandeira olímpica no final da abertura dos jogos;


• A delegação brasileira foi representada por quatro pessoas, mas com muito vigor e samba no pé; os porta-bandeiras Bruno Rezende (voleibol) e Ketleyn Quadros (judô) foram acompanhados pelo Chefe de Missão Marco La Porta e por mais um oficial administrativo.


• O juramento olímpico foi modificado, assim como o lema dos jogos, citando a diversidade.



Ketleyn Quadros e Bruno Mossa carregam a bandeira do Brasil durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão — Foto: Odd Andersen/AFP



MOMENTO EMOCIONANTE


Um dos momentos mais emocionantes da cerimônia foi a apresentação de artistas de diferentes partes do mundo que interpretaram “Imagine”, de John Lennon. A escolha também foi uma homenagem à Yoko Ono, artista japonesa e viúva do ex-beatle. A apresentação virtual e individual contou com representantes de cada continente: Angelique Kidjo, Alejandro Sanz, John Legend e Keith Urban.



Neste momento o novo lema das Olimpíadas fez mais sentido do que nunca: MAIS RÁPIDO, MAIS ALTO, MAIS FORTES, JUNTOS. Um momento em que o mundo vive o mesmo problema, a mesma doença e corre junto para um mesmo lugar:

"Espero que um dia você junte-se a nós...E o mundo viverá como um só."


Vista aérea durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão — Foto: Athit Perawongmetha/Reuters



Outra forte simbologia vista na festa de abertura foi o momento em que atletas dos cinco continentes, passam a bandeira Olímpica para os verdadeiros heróis no combate a Covid.



#OLÍMPÍADAS #ESPORTE


Campanha arrecada cestas básicas para atender à categoria, que teve suas atividades impactadas pela pandemia




A Rodobens Veículos Comerciais realiza a campanha Doação Volante, em parceria com a Via Appia, empresa especializada em cestas básicas, para arrecadar doações para os motoristas de vans escolares em Guarulhos, na Grande São Paulo.


O setor, segundo Ademir Odoricio, diretor de Veículos Comerciais, da Rodobens, foi um dos mais afetados durante a pandemia. Com as escolas fechadas em 2020, e muitas ainda em sistema remoto de ensino, os motoristas sofrem o impacto econômico da crise. “Percebemos os reflexos no segmento e, por meio do relacionamento com os clientes, nossa concessionaria em Guarulhos tomou a iniciativa na criação da campanha Doação Volante.” explica o diretor.


Para quem puder ajudar, as doações são a partir de R$ 25,00, pelo site http://bit.ly/doacaovolante. Cada cesta traz arroz, feijão, extrato de tomate, macarrão, óleo, farofa e leite em pó. As entregas serão realizadas nas instituições Sindicato dos Condutores Escolares de Guarulhos (Sincesg), Cooperativa de Transporte Escolar Unidade Soberana (Cooperteus), Associação dos Condutores Escolares Autônomos Gratuitos de Guarulhos (Aceagg) e Cooperativa de Transporte Escolar de Guarulhos (Cooperteg), que nos apoiam no projeto e farão as distribuições.


Sobre a Rodobens

A Rodobens, especialista em projetos de vida, possui um ecossistema único de distribuição, com amplo portfólio de serviços financeiros: Consórcio, Seguros, Crédito, Leasing e Locação, suportados por plataforma sinérgica, de rede de concessionárias próprias de automóveis Toyota, Mercedes-Benz, Hyundai e veículos comerciais Mercedes-Benz, redes de parceiros e canais digitais. Com sede em São José do Rio Preto, SP, presença em todo o território nacional e mais de 70 anos de atuação, é reconhecida por ter uma sólida cultura de inovação e tradição, ao entregar uma experiência completa aos seus clientes, parceiros, colaboradores e fornecedores.


Site: www.rodobens.com.br.

Rodobens nas redes sociais: LinkedIn Instagram Facebook

Esqueça os julgamentos e foque em como pode ajudar


A quarentena para reduzir a propagação da Covid-19 causou grandes impactos na vida da população. Seja nos negócios, na saúde física ou mental, a pandemia afetou milhares de pessoas pelo mundo todo e, por isso, em momentos como esse, que o medo reina, é preciso ter empatia pelos que estão à sua volta. Isso porque, por meio da empatia é possível transformar momentos difíceis em outros de mais amor e compaixão.


Uma das áreas afetadas pela pandemia foi com relação aos negócios e ao mercado de trabalho. “Muitas empresas mandaram diversos funcionários embora, visto que o trabalho não pode ser feito e não há como manter o normal funcionamento com o decreto de que todos devem permanecer em casa”, afirma Madalena Feliciano, gestora de carreira e CEO da Outliers Careers e IPCoaching.


Não só empresas pequenas, mas também grandes, como a Renault do Brasil, por exemplo, dispensaram milhares de empregados que, assim, além de toda a questão psicológica que esse vírus causou, precisaram lidar também com a falta de emprego e o medo de não ser mais uma pessoa rentável.

Portanto, nesse momento, é preciso ter empatia tanto com os que estão em casa, que podem se proteger, quanto com quem não pode parar de trabalhar para sustentar sua família. Madalena explica que “colocar-se no lugar do próximo, e evitar julgamentos e conselhos genéricos e entender que nem todos têm a opção de largar toda a sua vida por medo de se contaminar é o primeiro passo”.


Agora, no que se refere aos negócios, a resposta que mais envolve empatia, para as empresas, é oferecer a opção de trabalho home office, a fim de respeitar as regras de quarentena e manter os empregos. “Com adaptações e empatia de ambos os lados, é possível manter a questão financeira sob controle. Foque-se em cuidar de si mesmo e da sua família sem se deixar levar pelo desespero”, finaliza Madalena.



#COTIDIANO